Home / Notícias

Notícias

Senai apresenta motores e cursos de mecânica automotiva durante “Arrancadão”
|09 de junho de 2018|

Com máquinas reais e simuladores, o Senai de Campo Grande apresentou a engenharia interna e funcionamento de motores de veículos durante a 6ª etapa das “Corridas Proibidas”, mais conhecidas como “Arrancadões”, promovida neste sábado (09/06), pelo Clube Área 67, no Autódromo Internacional de Campo Grande. No estande da instituição, também foram divulgados os cursos de educação profissional na área de mecânica automotiva disponibilizados pela unidade.

No evento, os grandes nomes do esporte em Mato Grosso do Sul contaram ter passado pelo Senai para adquirir a expertise para otimização dos motores, já que as provas exigem preparo e precisão não só do condutor, mas também do veículo. Nesta etapa deste sábado, por exemplo, os competidores deveriam obter a melhor performance em apenas 201 metros de percurso.

Proprietário da EMS Racing, Eric Silva, que além de correr foi responsável pelo preparo de quatro veículos, obteve sua formação no Senai, em 1994 e, desde então, sempre trabalhou na área, até abrir a oficina na Capital e ser considerado referência na preparação de motores, suspensão, chassis, rodas e pneus para as provas de arrancadas.

“Sempre fui apaixonado por carros e desde jovem fui buscar um curso para me especializar, por isso procurei o Senai. Na oficina fazemos todo tipo de reparo e manutenção, mas é interessante ter este conhecimento mais especializado porque os praticantes do esporte de arrancadas investem bastante e sempre fazem manutenções periódicas dos carros”, contou Eric.

O proprietário da Toys’s Garage – Mecânica e Elétrica, Wagner Paes, 39 anos, inclusive fez o curso de preparo de motores específico para arrancadas que o Senai ofereceu na Capital nos anos 2000 em parceria com organizadores de competições do esporte. 

“Toda a formação que tenho hoje na área obtive no Senai. Também já fiz os cursos do Senai de Injeção Eletrônica e Eletricista de Automóveis, que serviram muito para os diagnósticos que fazemos no dia a dia, você bate o olho no motor e já consegue identificar o problema e a solução. Terminei os cursos em 2005 e em 2007 já estava com a minha própria oficina”, afirmou o empresário.

Funcionário da RA Distribuidora, Wender Igor, 20 anos, foi conhecer os cursos do estande do Senai porque almeja se especializar mais na área de mecânica. “Quero estudar o máximo possível porque pretendo ser promovido a vendedor e, para isso, é preciso conhecer muito de motores e peças”, disse.

O instrutor dos cursos da área de mecânica automotiva do Senai de Campo Grande, Edgar Batista de Araújo, conta que grande parte dos egressos da instituição hoje atuam na área de formação. No próprio evento, por exemplo, a maioria dos preparadores das equipes de competidores tinha sido aluno de Edgar. 

“Trata-se de um mercado que exige profissionais qualificados e, principalmente, atualizados, porque a tecnologia de motores está sempre evoluindo. Por isso, aquele que tem no currículo um curso de qualificação e especialização, já conta com um grande diferencial”, analisou o instrutor.

Um dos organizadores da corrida, Rony Viegas, afirma que o principal objetivo do evento é fomentar o esporte de forma legal e segura. “Tiramos das ruas os amantes da velocidade, de forma que eles possam competir em local seguro e adequado, como o autódromo, que tem uma estrutura de pista de pouco mais de 3.500 metros e tem 28 boxes, oito camarotes e oito curvas”, afirmou, reforçando que aguarda participantes de diversas regiões do Estado.

Antes do evento, 120 corredores já estavam inscritos para participar das provas. As competições seguem no autódromo até a meia-noite deste sábado. Para assistir as competições, o valor é R$ 10 no camarote e R$ 20 na área de box. Crianças até 10 anos não pagam.


Mais Imagens