Home / Notícias

Notícias

IST Alimentos e Bebidas oferece consultorias para regularizar agroindústrias do Estado
|17 de dezembro de 2020|

O IST Alimentos e Bebidas (Instituto Senai de Tecnologia em Alimentos e Bebidas), localizado em Dourados (MS), está disponibilizando consultorias para adequar as agroindústrias que tenham o interesse em se regularizar perante o S.I.F. (Serviço de Inspeção Federal) de Produtos de Origem Animal (POA). O serviço é fruto da parceria com o Cointa (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do rio Taquari), Codevale (Consórcio Público de Desenvolvimento do Vale do Ivinhema) e Sebrae/MS.

As consultorias, oferecidas de forma 100% gratuita para os empresários, são de adequação de layout, com elaboração de planta baixa, e análise de composição nutricional e elaboração do croqui do rótulo de um produto escolhido pela empresa. Ao todo, a parceria contempla 57 indústrias distribuídas por 20 municípios do Estado, sendo que 14 agroindústrias integram o Codevale e 43 integram o Cointa. 

Visita técnica

Para desenvolver o trabalho, o consultor do Senai responsável por cada atendimento se desloca para as empresas com o objetivo de levantar informações pertinentes à planta baixa do estabelecimento e coleta do produto. “Nosso objetivo é orientar e adequar as empresas para que elas possam dar início ao processo de registro junto ao Serviço de Inspeção Municipal dos consórcios para que elas possam se regularizar”, explicou o consultor do IST Alimentos e Bebidas, Vitor Matheus Bordin. 

Ele ressaltou que a ação envolve pequenos negócios, um dos focos da política do Sistema S. “A ideia é auxiliar as pequenas indústrias de Mato Grosso do Sul a se desenvolverem e conseguirem gerar mais emprego e renda em seus municípios e, consequentemente, fortalecer a indústria e a economia do nosso Estado”, completou. 

Empresas contempladas

Na avaliação do empresário Anderson Aureliano dos Santos, da Queijaria Paulista, localizada no município de Anaurilândia (MS), a consultoria foi uma oportunidade única para se regularizar junto à prefeitura e ainda agregou mais valor aos produtos. “Produzo um total de 12 tipos de queijo e fizemos o rótulo e tabela nutricional do queijo frescal. Com isso, posso colocá-lo agora em mais mercados e ainda tentar viabilizar que o produto seja inserido na merenda escolar aqui no município”, afirmou. 

Para o empresário Marco Aurélio Guedes Cardoso, do Laticínios Maria, de Costa Rica (MS), a consultoria do IST Alimentos e Bebidas ainda não foi completamente concluída, mas em pouco tempo já mostrou resultados positivos na empresa. “A adequação de layout proposta pelos técnicos do Senai ajudou muito para termos mais eficiência no processo de produtivo e na organização das mercadorias. Só isso já facilitou a produção e estou ansioso para ver o resultado final dos rótulos”, finalizou.


Mais Imagens