Home / Notícias

Notícias

Em webinar, Senai Empresa apresenta atuação em logística reversa junto a empresas em MS
|01 de abril de 2021|

Ao participar do webinar Panorama Nacional da Logística Reversa (LR), promovido na última quarta-feira (30/03) pela Eureciclo, maior certificadora de logística reversa de embalagens do Brasil, o gerente do Senai Empresa, Thales Saad, destacou as ações da instituição com relação às questões ambientais, oferecendo consultorias com sistema de gestão ambiental, licenciamento ambiental, produção mais limpa, energias renováveis e otimização de processos com geração de resíduos.

“Aqui na Fiems, por meio do Senai Empresa, damos suporte para sindicatos, indústrias a até outras empresas que não são industriais na área ambiental. Temos um ISI Biomassa com geração de resíduo a partir do milho e inovação em biomassa, que entram na questão da sustentabilidade. Então o Senai está preparado para atender as indústrias com projetos da área ambiental e também em logística reversa”, pontuou Thales Saad.

Também presente ao webinar, a coordenadora do Programa Senai de Gestão Ambiental, Liliane Corrêa, explicou que a discussão de logística reversa começou em 2015 com conversas entre conselhos temáticos e federações e em 2016 saiu a resolução específica em Mato Grosso do Sul, data que também marca o lançamento do Programa Senai de Logística Reversa.

“Em 2017 e 2018 nos dedicamos a entender o cenário e como estruturar esse programa e em 2018 soubemos do sistema de crédito de reciclagem em São Paulo, junto com a Fiesp. E aí trouxemos essa boa prática para Mato Grosso do Sul, considerando nossa realidade. Nosso Estado é muito mais consumidor. Temos uma quantidade de indústria robusta, mas temos muito mais entrada de produtos do que de retirada. Então tínhamos de pensar num sistema que pudesse conversar com diferentes estados para isso”, detalhou Liliane Corrêa.

Ela ressaltou que hoje existe uma parceria muito próxima entre o Senai e a certificadora autorizada a atuar na questão de validação de notas fiscais e verificação de créditos de reciclagem em Mato Grosso do Sul. “Hoje temos o sistema rodando com 66 entidades signatárias, que são empresas, sindicatos, associações, institutos, que trazem a indústria e o comércio a atuar nesse sistema. São pouco mais de 1300 empresa com 14 operadores logísticos no Estado. A quantidade de massa de compensação realizada ainda está em validação, mas estimamos 25% referente ao que a Fiems representa”, afirmou.

Ainda conforme a coordenadora do Programa Senai de Gestão Ambiental, ainda existem vários desafios e oportunidades na logística reversa, mas como principais oportunidades estão o fomento da cadeia de operadores logísticos, expansão das amostragens das empresas aderentes, informação para o consumidor sobre o que fazer, levando educação ambiental, e os projetos e design em que o próprio Senai já vem atuando com relação a adequação de material e matéria prima para um ecodesign.


Mais Imagens